domingo, 14 de março de 2010

Demencia

Tomara Irene, que, ao passar em frente, as sirenes ainda estejam ligadas e você escute a bendita zoada das vozes desorientadas. Pra quê orientar-se? Estas no ocidente mesmo. Sei que se sente em casa. Santa Casa que não te quer mais, mas sei também que não ligas, a queres mesmo assim. Por ti. Por mim. Enfim.

Tomara Clarice, que, ao voltares da Espanha, consigas a façanha de vê-la de pé. É preciso ter mais que fé. Um café ajudará a aliviar esse frio. Se for descafeinado, melhor, vai combinar com tudo por aqui. Com o desumano, o desmantelo e principalmente com o desnecessário. Força na camisa. Um gardenal, um rivotril. Pronto, ta tudo cor de anil. Quanto à puta, essa nunca mais pariu. Disseram que é protesto. Amanhã vou lá ver, atesto e te escrevo. Detesto notícia pela metade. (...) Ih, fui lá hoje. É verdade.

Tomara Yelena, que Deus tenha pena, cocar, tambor e amor pelas criaturas que criou. Que conserve em banho-maria a ave e a graça. Que encere o chão com graxa e encene sobre ele a Paixão dos homens.

Caso contrario...

Tomara Yelena que gostes da tua cor morena. Por que a partir de agora, sombra será um problema. “As árvores somos nozes”. Ouço vozes, mas de quem? Ouves também? É difícil, não me resta mais nem um vintém pra suborná-lo. Esse fundo não tem mais poço. Tento rezar, mas minha fé ta só o osso.

Ai! Meu pescoço. Acho que me injetaram algo. Minha vista ta embaçada. Desgraçada!

Corram...corram, procurem abrigo. Esqueçam do umbigo, ele já se foi. Ao redor da morte, o que respirar é sorte.

Tomara Irene... Tomara Clarice... Tomara Yelena. Tamarineira.



Salvem a Ama-Zona!

Salvem o Perneta Terra!

9 comentários:

  1. Tomara, Recife, que tu não percas as poucas árvores que ainda vos resta.
    Vamos lá, Irene, Clarice e Yelena, façam algo!

    ResponderExcluir
  2. insano!! GOSTEI!



    www.faltamuito.com

    ResponderExcluir
  3. Cara, achei bom, meio confuso, não peguei ao certo a linha de desenvolvimento, mas enfim, gostei da musicalidade das palavras, ficaram realmente boas!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Tomara que tuas palavras ecoem...
    Tomara que teu protesto dê certo.
    Tomara que a economia solidária.
    Da santa campanha da fraternidade.
    Distribua todo mês o aluguel, com os pobres da cidade.
    O que? Isso é loucura minha?
    Meu DEUS, tô ficando louco!
    Essa conversa sem eira nem beira.
    E agora? Aonde eu me encontro?
    TOMARAM A TAMARINEIRA.

    ResponderExcluir
  5. Realmente, é o que todos queremos! Bom seria se isso pudesse estar claro na mente de todos os seres humanos..

    http://borboletascegas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. vixe, quantos graus vão subir se derrubam aquelas árvores, hem. tomara, poeta, tomara que não...

    ResponderExcluir
  7. Muito bom: "ao redor da morte, o que respirar é sorte!". hehehehe.... Malandragem.

    Vlw.
    http://escondidin.blogspot.com/2010/04/caminhando-e-sonhando.html

    Boa leitura>

    ;)

    ResponderExcluir